Natal Luz de Uberlândia muda rotina das famílias

Natal Luz de Uberlândia muda rotina das famílias

0 1834
 No primeiro fim de semana após a abertura oficial da programação do Natal Luz de Uberlândia, a população já vive novos ares. No centro da cidade, nas avenidas Afonso Pena e Floriano Peixoto as famílias lentamente passavam de carro para observarem a decoração que enfeita e ilumina o dezembro de 2013. O trânsito de veículos no sábado, por volta das 20h, lembrava o horário de pico de um dia da semana. Nos carros, famílias com crianças e atentas às cascatas de lâmpadas que cruzam o céu das avenidas, no trecho entre o Fórum e a praça Clarimundo Carneiro.
No Parque do Sabiá, quem foi caminhar no final do dia teve o cenário também voltado para as lembranças do Natal. Arcos na passarela entre a piscina e o lago enfeitam a paisagem e luzes foram colocadas em pontos estratégicos do Parque. Jordana Rocha Cabral, que já caminha pelo Parque, tirou o final de tarde de sábado para outro programa. Ela levou os pais que moram em Belo Horizonte para conhecer o Parque. “Ficou muito bonito, não tinha ideia que ia ficar assim, muito bonito, alegre”, disse.
Ao todo, são mais de 20 espaços públicos decorados, iluminados para o Natal deste ano. Serão mais de 100 apresentações culturais em diversos endereços da cidade, com artistas locais e de graça para a população.
O Natal Luz é uma realização da Prefeitura de Uberlândia, através da Secretaria de Governo, e conta com vários parceiros, como a Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da Universidade Federal de Uberlândia (Proex/UFU), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Sesi, Uberlândia Refrescos, Convention & Visitors Bureau, dentre outros segmentos da sociedade.
1456770_568036366607312_1317520140_n
Apresentações
Ontem, por exemplo, as apresentações começaram às 18h. Na Praça Clarimundo Carneiro teve Chorinho no Coreto; no Teatro Municipal a Peça ‘Simplesmente eu, Clarice Lispector’, com Beth Goulart, e na Praça Sérgio Pacheco teve coral Luz do Mundo, o grupo Soprasax de integrantes da Banda Municipal e ainda Edson Denizard e Banda. Mas a maior movimentação girou em torno da Casa do Papai Noel, na praça Sérgio Pacheco. A fila não parou de crescer. “Meus filhos não pararam de pedir, era só ver na televisão chamando para ver a Casa que eles seguiam pedindo, tive que trazer. É bom ver tudo isso de volta na cidade, especialmente com música”, disse Cleonice Batista com os filhos de 4 e 3 anos de idade, esperando pacientemente na fila. Famílias querendo visitar a Casa e crianças esperando para ver, falar e entregar cartas para o Papai Noel.
1470261_568036579940624_1786532427_n
Dentro da Casa, ambientes decorados faziam a motivação das crianças viajar nas lendas do Natal. Recepção na sala com uma árvore de Natal com presentes, sala de jantar, cozinha, fábrica de brinquedos e até uma espécie de gruta, o cantinho do urso polar. Mas o que destaca, motivado pela fantasia do Natal, é o pequeno baú ao lado da cadeira do Papai Noel. Nele, estão as dezenas de cartas trazidas pelas crianças que passam por lá. A maioria com pedidos simples, chocolates, bonecas, carrinhos de brinquedos. Mas ainda tem pedidos que surpreendem. Cestas básicas, material escolar e ainda as que vem apenas com palavras de alegria e carinho para o Papai Noel. De acordo com Josaine Melo, produtora cultural, responsável pela Casa, muitas crianças que ficam sabendo do baú de cartas falam que voltarão para nova visita trazendo uma carta. No final de cada dia, as cartas são lidas e separadas. Muitos voluntários também procuram a Casa do Papai Noel para se oferecerem como doadores de presentes. Eles escolhem a carta que desejam presentear e muitos levam os presentes anonimamente para serem entregues às crianças, donas da carta, para manter viva a lenda do presente de Natal. “A gente vê cartas com redação e letra e todos os sinais que são escritas, a maioria, por crianças. Dá para perceber sinceridade, a gente chega a emocionar com algumas das cartas”, disse Josaine. A Casa do Papai Noel ficará aberta todos os dias até o dia 24. De segunda a sexta, das 16h às 22h, sábado e domingo das 14h às 22h.
1488301_568036506607298_479545221_n
Programação
A programação Cultural seguirá diariamente por diversos pontos da cidade até o dia 22, sempre com apresentações de música, teatro e dança de graça, com artistas da cidade.
1483415_568036636607285_1496090966_n